Top 5 Erros no Power BI

Desenvolver um projeto no Power BI é uma tarefa complicada, por isso requer muito desempenho e atenção no seu desenvolvimento. E por isso, hoje vamos detalhar pra você os TOP 5 erros mais comuns encontrados em projetos desenvolvidos por iniciantes dentro do Power BI.

Nesse texto não trataremos algumas informações que são mais técnicas, essa informação vem no próximo artigo. E vamos aos erros:

ErroInput dos dados do jeito que eles estão

É muito comum encontrar projetos onde os dados imputados não são tratados, contendo um tipo não adequado para seu uso, também é muito comum encontrar as tabelas com informações misturadas, por exemplo, o e-mail e um cliente na tabela de vendas.

Não formatar os campos e deixar as informações por tabelas juntas aumenta as chances de relatórios imprecisos e com dados alterados.

2º Erro: Deixar tabelas e colunas desnecessárias dentro do projeto

Outro erro comum é o de não filtrar o que será e o que não será usado dentro do projeto, deixando tabelas e colunas inúteis serem um peso para o carregamento do arquivo.

Uma vez que os dados são filtrados e removidos os que forem desnecessários, o projeto se torna muito mais fluido.

3º Erro: Criar projetos gigantes, misturando vários assuntos

Quando se tem muitos dados, o tratamento deve ter a máxima cautela. Uma vez que entre as tabelas precisam ser criados os relacionamentos, e esse é o ponto mais importante para todo o desenvolvimento, não é conveniente ter assuntos diferentes sendo tratados em um mesmo projeto pois pode causar uma confusão na compreensão dos indicadores gerados. Por exemplo, aqui na ROQT são desenvolvidos projetos (e com projetos queremos nos referir a relatórios) diferentes para a área comercial e o financeiro do cliente por exemplo.

4º Erro: Muitos visuais em um página

Os relatórios do Power B.I são exibidos em várias telas, chamadas Dashboards e é de extrema importância saber dimensionar bem o que será exibido em cada um dos dashs. Os visuais precisam ser renderizados todas as vezes que entramos na tela em questão, logo, uma tela com muitos visuais (gráficos, tabelas, KPIs etc.) demanda mais tempo para trazer essas informações e exibi-las, deixando a experiência do usuário um pouco lenta.

5º Erro: Ignorar o design do relatório

O desenvolvimento é longo e muitos projetos são entregues com uma finalização que é insuficiente quanto ao design. Nós humanos temos uma afeição com o que é belo e alinhado e durante nosso projeto pensamos muito sobre experiência do usuário final que vai embasar suas decisões de acordo com os dados apresentados no dashboard. Eis a diferença:

Relatório sem design:

Relatório com design:

Então não se esqueça de sempre estar atento e ter muito cuidado caso for desenvolver um projeto no Power BI. Curtiu o post? Deixe sua dúvida ou comentário abaixo que iremos te responder! 😀

Deixe uma resposta