Soft Skills e Hard Skills: Como reconhecê-las

Os termos Soft Skills e Hard skills são muito utilizados pelos profissionais de recursos humanos para identificar características específicas de um profissional para determinada ação. 

Uma Hard Skill é habilidade técnica, por exemplo: Entender sobre uma tecnologia, suas particularidades e aplicações, permitindo trabalhar em projetos que exijam esse conhecimento. Essas habilidades são possíveis de desenvolver por meio de treinamentos e cursos, por exemplo.

As Soft Skills influenciam diretamente na forma como o profissional irá se relacionar com outras pessoas e se comportar diante a determinadas situações, são as habilidades comportamentais, características de personalidade e de temperamento.

Essas competências são subjetivas estando intimamente relacionadas à personalidade e outros fatores emocionais construídos ao longo da vida do indivíduo. As Soft Skills não podem ser medidas ou testadas de uma maneira objetiva, como as habilidades técnicas.

Durante muito tempo as Hard Skills foram as habilidades mais requisitadas e já apresentadas no currículo pelo candidato, já as Soft Skills são mais difíceis de reconhecer e geralmente não vem no currículo. Ao longo do tempo as empresas notaram que separadas, as Hards Skill são pouco produtivas, o aspecto comportamental é muito relevante e ganharam destaque na contratação. 

Em resumo, soft skills tratam sobre como o profissional lida com as situações e as hard skills tratam dos conhecimentos técnicos utilizados na resolução dos problemas. Quando corretamente combinadas, tendem a maximizar o trabalho evitando demissões, tendo isso em vista, é possível entender por que estão sendo amplamente valorizadas.

Atualmente muitas empresas de destaque já listam as soft skllis necessárias na descrição da vaga. Dentro dessas competências comportamentais algumas das mais requisitadas são:

  1. Princípios éticos e Ética profissional
  2. Atitude positiva;
  3. Motivação;
  4. Trabalho em equipe;
  5. Organização e gestão do tempo;
  6. Capacidade de trabalhar sob pressão;
  7. Comunicação;
  8. Flexibilidade; Adaptabilidade
  9. Segurança
  10. Inteligência Emocional
  11. Resiliência
  12. Aprendizagem Contínua
  13. Visão Holística
  14. Liderança
  15. Comunicação Assertiva

Para identificar Softs Skills na entrevista, os recrutadores precisam decifrar comportamentos e emoções desempenhando um papel fundamental, a forma como ele conduz a conversa revela muito sobre o candidato. O recrutador seleciona algumas perguntas para conhecer os candidatos e também avaliar os comportamentos frente a algumas situações que podem ocorrer na empresa, além disso pode ser usada a ferramenta prática das dinâmicas.

Como candidato, a forma mais assertiva para desenvolver as soft skills é por meio do autoconhecimento, pois em muitos casos, nem o próprio candidato consegue identificar sua soft skill. Dedicar tempo para se conhecer, identificar as forças e fraquezas é essencial para ter resultados. Para as empresas, é preciso bons recrutadores, conscientizar os colaboradores sobre desenvolver as habilidades, fortalecimento da cultura organizacional, Plano de desenvolvimento individual e e-larning corporativo.

Podemos ver que desenvolver as Soft Skill são fundamentais para obter mais sucesso, tanto no trabalho quanto na vida pessoal para transformar as relações, interações afetando a produtividade e ambientes externos, além do profissional.

Deixe uma resposta